quinta-feira, 7 de maio de 2009

TIJOLOS

Velhos tijolos colocados em novas posições.
Formando novas construções.
Possibilitando novas visões.

Assim, o velho,
o novo e o
possivel se
unem e formam
aquilo que aspiramos.

O velho como corpo.
O novo como pilar.
Mudanças posicionais
formando novas vidas
e construções.

Possibilidades de recriar
que a vida vai nos
apresentar.
Basta querer olhar
e praticar.

2 comentários:

  1. Bonito e reflexivo texto onde a poesia se faz presente ! Um beijo querida com meu carinho e um feliz dia das mães para vc também , se for o caso. Até a qualquer momento.

    ResponderEliminar
  2. Linda esta ideia do renovar ao simples reposicionamento de velhos tijolos. Quantas vezes, na vida, insistimos em velhas construções que já não servem mais? Às vezes falta, simplesmente, dar novas formas aos nossos tijolos. Lindo.

    Beijo

    ResponderEliminar