sábado, 20 de junho de 2009

FLORES VERMELHAS

ARRUMO TODA A CASA.
ABRO A JANELA E DEIXO A LUZ SOLAR
INUNDAR TODO O AMBIENTE.


ASSIM, VOU-ME COMPONDO,
ME REFAZENDO PARA REALIZAR
AQUILO QUE QUERO E NECESSITO.


COLOCO A MELHOR ROUPA QUE TENHO GUARDADA,
MAQUIO OS LÁBIOS,
LAVO O CABELO,
E PRONTO.


COLOCO A MÚSICA
QUE ME INSPIRA,
ME ELEVA O CORAÇÃO E A ALMA.


ASSIM, DANÇO, CANTO
DESCANÇO NO MEU PRÓPRIO OMBRO
MEU PESAR E MEU SONHAR.


AS FLORES VERMELHAS
ESTÃO A ENFEITAR O AMBIENTE
E A DEIXAR MAIS DÓCIL
AQUILO QUE ERA TEMIDO:

A VIDA.



sábado, 6 de junho de 2009

CORRIDA

Corro,
Gritando no corpo e gemendo na alma
Na esperança da angústia aqui ser
Dilacerada e deixada para
que eu possa em paz seguir.

Corro,
Na esperança de vidas perdidas
Reencontrar. Aquelas nas quais era
De fato mulher e mais
Feliz.

Agora não mais corro
E sim caminho, pois
A corrida te leva tão
Rápido aquilo que de bom
Constróis, quanto aquilo
Que de mal te pode
Acontecer.

Assim,
Prefiro agora a caminhada lenta
Na qual posso aprender
Do que a corrida
Na qual tanto posso aprender
Como também
Perder algo de caro.

Caminhando ou correndo
Simplesmente faça
O que deves e sigas em
Paz!